Na sua região: Ashburn - Virginia temos (℃) Umid(%) Veloc.Vento(m/s °) | Sol: nasc 21:00h e pôr 21:00h | 24/03/2017 09:08
Utilize a busca abaixo para encontrar uma empresa pelo nome, setor ou produto.
Em todo o País, Aguarde, carregando...
    Ex.: coaching, ou transporte, ou madeira, ou aço, ou o nome da empresa como: Mais Sucesso e Genoma, ou mesmo o nome do profissional como Cristiane.

Terceirização irá ampliar mercado para os pequenos negócios


Postado em 23/03/2017

Sebrae Nacional -

Presidente do Sebrae, Guilherme Afif DomingosBrasília - O presidente do Sebrae, Guilherme Afif Domingos, comemorou a regulamentação da terceirização, aprovada na noite dessa quarta-feira (22) pela Câmara dos Deputados. Afif é defensor do modelo e acredita que a contratação de empresas terceirizadas é uma das saídas para a crise. “A terceirização é um fator de geração de emprego. É uma oportunidade para o surgimento de muitas atividades para novos empreendedores que hoje são trabalhadores. O operário vira empresário”.  

De acordo com pesquisa realizada pelo Sebrae, 41% dos donos de pequenos negócios acreditam que poderão aumentar o faturamento com o fornecimento de serviços terceirizados. “A terceirização irá permitir que as empresas participem de cadeias produtivas como prestadoras de serviços especializados ou tenham contratos de trabalho que sejam adequados às modernas relações que a CLT não contempla e traz insegurança jurídica”, pontua Afif. 

A pesquisa do Sebrae também apontou que apesar da terceirização ser uma possibilidade para aumentar o faturamento das empresas, menos da metade dos empreendedores pensam em terceirizar a sua própria mão de obra. O levantamento constatou que duas em cada três micro e pequenas empresas com empregados não têm interesse em terceirizar parte das suas atividades-fim. “Esse resultado reforça mais ainda a minha tese: a regulamentação da terceirização não deve ser confundida com a precarização da força de trabalho. Precarização é a falta de trabalho”, conclui o presidente do Sebrae.  

Entre os pequenos negócios que veem oportunidades em oferecer serviços para as médias e grandes empresas estão os de reparação de veículos e de equipamentos, de promoção de eventos, os de serviços de transporte e hospedagem e os ligados à construção civil. As atividades ligadas à educação também são vistas como promissoras para oferecer serviços terceirizados.  

Mais informações:

Assessoria de Imprensa Sebrae

(61) 2107-9117/9118

imprensa@sebrae.com.br


Para empreendedores

Central de Relacionamento Sebrae

0800 570 0800


Sebrae lança centro de referência para a Educação Empreendedora


Postado em 23/03/2017

Sebrae Nacional -

Presidente do Sebrae durante o lanamento do CER, em Belo HorizonteBrasília - Empreendedores de todo o país já podem ter acesso a informações, ferramentas, estudos e material de orientação sobre empreendedorismo no Centro de Referência em Educação Empreendedora ou CER. O funcionamento dessa nova plataforma digital foi destaque durante a cerimônia de posse do Comitê Estratégico do CER e lançamento do Sebraelab, em Belo Horizonte, no dia 21. 

O CER é um núcleo de captação, geração, gestão e disseminação do conhecimento associado aos temas Empreendedorismo e Educação Empreendedora. “Com esse site será possível levar a educação empreendedora aos empreendedores e educadores de todo o país, de maneira simples e prática”, explica o presidente do Sebrae Nacional, Guilherme Afif Domingos. 

Esse é o terceiro Centro de Referência criado pelo Sebrae no país. Os outros dois estão instalados no Rio de Janeiro – voltado para o Artesanato – e em Cuiabá, dedicado à Sustentabilidade. “O Sebrae Minas vem trabalhando há anos na realização de projetos que fortalecem e propagam a cultura empreendedora. Nosso objetivo é criar novos modelos práticos, teóricos e inovadores para os pequenos negócios, em temas ligados ao empreendedorismo”, justifica o superintendente do Sebrae em Minas Gerais, Afonso Maria Rocha. 

O CER foi idealizado em 2014, pelo então presidente do Conselho Deliberativo do Sebrae, Roberto Simões, atual presidente da Federação da Agricultura e Pecuária do Estado de Minas Gerais (Faemg). Durante a cerimônia, Simões foi homenageado pelas autoridades presentes. “Não foi por acaso que escolhemos Minas. O estado sempre se destacou nas primeiras posições em rankings de educação. Além disso, possui uma das maiores redes de universidades federais, boas faculdades particulares e centros de tecnologia”, justifica Simões.

No decorrer do evento, tomaram posse os 12 membros do Comitê Estratégico do CER, presidido pela diretora técnica do Sebrae, Heloisa Menezes, com representantes do Sebrae em Minas, Mato Grosso do Sul, Distrito Federal, Acre, Pará, Pernambuco, Alagoas, Santa Catarina, Paraná, Espírito Santo e Rio de Janeiro. “Nosso principal desafio é transformar conhecimento, teorias e conceitos em ações práticas de educação empreendedora, não apenas para o Sebrae, mas para os governos e toda a sociedade”, diz a diretora técnica do Sebrae. 

Foco

Entre outras finalidades, o Centro de Referência vai ampliar parcerias estratégicas e ações de disseminação da Cultura Empreendedora, bem como divulgar a produção desse conhecimento em congressos, palestras, conferências e seminários, no Brasil e no exterior.

Na plataforma, estão disponíveis também estudos e mapeamentos do comportamento empreendedor, análises comparativas sobre o impacto da atitude empreendedora, pesquisas, artigos, textos técnicos, livros e estudos de caso, que serão compartilhados com instituições de ensino. 

Mais informações:

Assessoria de Imprensa Sebrae

(61) 2107-9117/9118

imprensa@sebrae.com.br


Assessoria de Imprensa do Sebrae Minas

(31) 3379-9275 / 9276

 

Para empreendedores

Central de Relacionamento Sebrae

0800 570 0800

 


Experiência da Campus Party será levada a todo país


Postado em 21/03/2017

Sebrae Nacional -

Sebrae e Instituto Campus Party vo trabalhar em conjunto para fomentar o empreendedorismo digitalBrasília - A experiência inovadora da Campus Party será levada para todo o país durante o ano inteiro, em ações presenciais e on line. O Sebrae e o Instituto Campus Party celebram acordo que estabelece um trabalho conjunto e contínuo para fomentar o empreendedorismo digital não apenas nos dias em que os eventos acontecem, mas durante os 18 meses da vigência do acordo. O convênio de cooperação técnica e financeira prevê investimento de R$ 2 milhões para atender campuseiros e jovens interessados em empreender em todo o Brasil. 

“A aproximação com a Campus Party e, consequentemente com os campuseiros, permite um relacionamento mais estreito com esse público e amplia as possibilidades de atuação do Sebrae, que ajuda que boas ideias se transformem em negócios”, afirma o presidente do Sebrae, Guilherme Afif Domingos. Uma pesquisa realizada na Campus Party Brasil em 2013 revelou que 40% dos jovens entrevistados tinham planos de abrir seu próprio negócio nos dois anos seguintes e que eles possuíam de duas a três ideias em que realmente acreditavam que poderiam dar certo no mercado. 

O Sebrae vai gerenciar, em conjunto com o Instituto Campus Party, a comunidade de empreendedorismo da plataforma campuse.ro, que funciona como uma rede social, atualmente com mais de 400 mil pessoas cadastradas no mundo, sendo mais de cem mil no Brasil. “Em nossa plataforma, a tag empreendedorismo é a terceira mais utilizada pelos campuseiros como área de interesse. Acreditamos que o conhecimento cresce quando compartilhado e, por isso, vamos junto com o Sebrae promover o intercâmbio de conhecimento em ambientes democráticos, criando espaços nos quais prevalecem a troca e o aprendizado mútuo”, declara Francesco Ferruggia, presidente do Instituto Campus Party. 

A comunidade será fomentada com conteúdos direcionados ao público empreendedor esteja ele em qualquer um dos momentos de maturidade: Curiosidade, Ideação, Operação e Tração. Para participar das ações, os interessados devem se cadastrar na plataforma campuse.ro e marcar #empreendedorismo como área de interesse no preenchimento do perfil. 

Além disso, serão realizadas experiências pockets da Campus Party em eventos realizados pelo Sebrae, como a Feira do Empreendedor, até setembro do ano que vem. Elas serão transmitidas on line pela comunidade e a ideia é que ocorram em estados fora da região Sudeste onde não são realizadas edições presenciais do evento. 

O principal objetivo do convênio é ampliar a relação do Sebrae com empreendedores digitais. Desde 2011, o Sebrae é parceiro nas ações de empreendedorismo da Campus Party, mas, atualmente, o contato acontece de forma presencial em momentos pontuais. A ideia é, a partir de agora, criar uma relação contínua e permanente com a comunidade de campuseiros interessados na temática empreendedorismo pela internet

Sobre a Campus Party:

A Campus Party é a maior experiência tecnológica do mundo. Realizada desde 1997, reúne jovens geeks em um festival de inovação, criatividade, ciência, empreendedorismo e universo digital.  Desde a sua primeira edição, na Espanha, encontrou um público tão entusiasmado que cresceu e se internacionalizou passando a ter, a partir de 2008, edições no Brasil, Inglaterra, Alemanha, Colômbia, México Equador e El Salvador. Em 2016, a Campus Party Brasil realizou sua nona edição em São Paulo com mais de 82 mil visitantes, 8 mil campuseiros vindos de 24 estados brasileiros. Ao longo de uma semana, os participantes ficaram instalados em mais de 6,5 mil barracas e contaram com uma internet de 40 gigabytes para aproveitar mais de 700 horas de atividades e conteúdos. Neste ano também foi realizada a Campus Party Recife, que chegou a sua quinta edição no último mês de julho reunindo mais 2,5 mil campuseiros. Brasília e Minas Gerais também receberam o evento pela primeira vez esse ano. 

Mais informações:

Assessoria de Imprensa Sebrae

(61) 2107-9117/9118

imprensa@sebrae.com.br


Para empreendedores

Central de Relacionamento Sebrae

0800 570 0800

 



Após seis anos detido, ex-presidente egípcio Hosni Mubarak está em liberadade


Postado em 24/03/2017

O ex-presidente egípcio Hosni Mubarak, deposto em uma revolta popular em 2011, está em liberdade depois de cumprir seis anos de prisão, disse seu advogado Farid al Deeb. As informações são da Agência DPA.

Al Deeb informou ao jornal Al Masry al Youm que Mubarak voltou para casa, no bairro de Heliopolis, na capital do país, Cairo. "Ele almoçou com sua família e um grupo de amigos", acrescentou.

No início de março, o Supremo Tribunal egípcio declarou que Mubarak não era responsável pela morte de centenas de manifestantes durante os protestos que levaram ao fim de seu regime, após 30 anos de governo.

O ex-general da Força Aérea está, aparentemente, muito doente e ficou em um hospital militar no Cairo durante os processos contra ele.


Consumidores acreditam em inflação de 7,5% nos próximos 12 meses


Postado em 24/03/2017

Vitória (ES) - Supermercados lotados com filas nos caixas e na entrada funcionam com horário reduzido (Tânia Rêgo/Agência Brasil)

Consumidores consideram que a inflação continuará em queda atingindo 7,5% nos próximos 12 mesesTânia Rêgo/Agência Brasil

Os consumidores brasileiros acreditam que a inflação brasileira ficará em 7,5% nos próximos 12 meses. Essa expectativa de inflação, medida este mês, é 0,1 ponto percentual menor que a registrada em fevereiro (7,6%).

O resultado de março deste ano, da pesquisa da Fundação Getulio Vargas (FGV), confirma a tendência de queda observada desde fevereiro de 2016, quando o resultado atingiu o máximo histórico de 11,6%. Os 7,5% esperados pelos consumidores são também a menor taxa desde janeiro de 2015 (7,2%).

Entre os segmentos de renda, a classe mais alta (acima de R$ 9.600) é a que acredita na taxa mais baixa (6%).


Motoristas são orientados sobre uso do cinto de segurança na Via Dutra


Postado em 24/03/2017

Os motoristas que passarem hoje (24) pela Via Dutra, estrada que liga São Paulo ao Rio de Janeiro, serão orientados sobre o uso do cinto de segurança. O Programa Estrada Sustentável, da concessionária CCR Nova Dutra em parceria com a Agência Nacional de Transportes Terrestres (ANTT), desenvolve a ação “Vou de Cinto” das 9h às 16h no município paulista de Roseira, nas proximidades do km 78 da pista sentido Rio de Janeiro.

Dados do Ministério da Saúde apontam que apenas 50% da população têm o hábito de usar o equipamento no banco traseiro ou em transportes coletivos. Na primeira edição da campanha em 2017, aproximadamente 500 pessoas participaram da ação que ocorreu em Lavrinhas, no interior paulista.