Na região de Ashburn - Virginia temos Chuva fraca (4.55℃) Umid(100%) Veloc.Vento(1.66m/s 324.5°) | Sol: nasc 07:17h e pôr 20:58h | 26/04/2015 03:18
Utilize a busca abaixo para encontrar uma empresa pelo nome, setor ou produto.
Em todo o País, Aguarde, carregando...
    Ex.: coaching, ou transporte, ou madeira, ou aço, ou o nome da empresa como: Mais Sucesso e Genoma, ou mesmo o nome do profissional como Cristiane.

Programas do Sebrae ajudam escola do Sergipe a crescer


Postado em 24/04/2015

Sebrae Nacional -

Brasília - Na cidade de Aracaju (SE), um colégio investiu na gestão e em inovação. O resultado foi o aumento de vagas na escola, melhoria no atendimento aos alunos e investimento em tecnologia, com a compra de tablets para as salas de aulas. A empresária Gilmara Passos é professora e hoje dirige a própria escola junto com o filho Roger Fontes. Eles tiveram apoio do Sebrae e participaram de dois programas: Agentes Locais de Inovação (ALI) e Sebraetec.

Segundo Jayna Soares, do Sebrae em Sergipe, as ações se complementam. O ALI vai até a empresa com o objetivo de diagnosticar e oferecer soluções para melhorar a empresa. Já o Sebraetec oferece consultoria tecnológica. Com o programa ALI, os agentes do Sebrae analisaram todos os setores da escola e, entre os problemas, identificaram as mensalidades atrasadas, que comprometiam o caixa da empresa. A solução foi instalar um software de gestão. A ferramenta facilitou o controle de receitas e despesas. E a inadimplência caiu.

Com as contas em ordem, sobrou dinheiro para investir. A empresária reformou o imóvel e ampliou a escola para oferecer 100 novas vagas. E o Sebrae subsidiou 80% do projeto de ampliação do prédio. A nova estrutura tem ainda espaço para prática de artes marciais, para a soneca das crianças do período integral e um pequeno refeitório onde as crianças têm aulas de educação alimentar.

 

Mais informações:

Assessoria de Imprensa Sebrae

(61) 3243-7851

(61) 3243-7852

(61) 2104-2768

(61) 2104-2770

imprensa@sebrae.com.br

 

 

COLÉGIO RECANTO DO PEQUENO PRÍNCIPE

Contato: Empresário Roger Fontes e Gilmara Passos

Rua José Rosendo Fontes Teles, 42 – Jabotiana

Aracaju/SE – CEP: 49096-090

Telefone: (79) 3247-2356/ (79) 3247-2921

www.crpp.com.br


Sustentabilidade é diferencial de mercado no setor turístico


Postado em 22/04/2015

Sebrae Nacional -

Brasília - Como reduzir o desperdício de comida e a conta de luz? É possível para um pequeno negócio ser sustentável e lucrativo ao mesmo tempo? Há como ser competitivo mesmo racionando água? Essas e outras questões serão debatidas pelo Sebrae na cidade de São Paulo, de 22 a 24 de abril, durante o World Travel Market Latin America, considerado um dos principais eventos de turismo do mundo.

O espaço da instituição, elaborado em parceria com o Centro Sebrae de Sustentabilidade (CSS), é focado na inovação e reúne um time de especialistas que apresentará aos visitantes soluções e normas para adotar práticas sustentáveis de forma competitiva. Também está prevista a realização de mini palestras sobre o tema.

“A adoção de ações sustentáveis é um diferencial de mercado. O conjunto de práticas adotadas pode gerar redução de custos - em função do uso adequado e racional de insumos - e melhoria da imagem do estabelecimento junto ao mercado, pois a sustentabilidade é cada vez mais valorizada pelos turistas", ressalta o presidente do Sebrae, Luiz Barretto. "Além disso, os empreendedores podem ampliar a colaboração com parceiros locais, conquistar novos clientes e, consequentemente, incrementar o faturamento da empresa”, completa.

No dia 23, das 12h30 às 13h30, a gerente do CSS, Suênia Souza, participa do painel Eficiência de Recursos: boa para o meio ambiente e os resultados. Das 14h às 15h, ela ministra a palestra Sustentabilidade em turismo e gestão de resíduos.

A conferência World Travel Market tem enfoque nas oportunidades de negócios para a América Latina nos próximos anos. A programação conta com palestras e um total de mil expositores. São esperados cerca de sete mil visitantes. O evento apresentará diversos assuntos de interesse das micro e pequenas empresas, como os grandes eventos esportivos, o cenário atual do mercado de turismo, o desenvolvimento sustentável e as redes sociais.

Serviço:

World Travel Market Latin America
22 a 24 de abril de 2015    
Expo Center Norte – São Paulo

Mais informações:
Assessoria de Imprensa Sebrae
(61) 3243-7851
(61) 3243-7852
(61) 2104-2768
(61) 2104-2770
imprensa@sebrae.com.br


Palestra destaca a importância da qualificação no ramo de franquias


Postado em 23/04/2015

Sebrae Nacional -

São Paulo - A diretora-técnica do Sebrae, Heloisa Menezes, realizou nesta quinta-feira (23) a palestra Franqueado qualificado: capital humano essencial para o sucesso de uma rede, durante o 2º Congresso Internacional de Franchising, promovido pela Associação Brasileira de Franchising (ABF), em São Paulo. A diretora-técnica falou sobre a importância da qualificação no setor de franquias, o crescente interesse de franqueados e franqueadores por informações e orientações e os conteúdos oferecidos pelo Sebrae para atender a esses empreendedores.  

A diretora destacou o trabalho conjunto do Sebrae e da ABF com foco nos empreendedores do setor, tanto na área de educação empreendedora quanto no campo financeiro. “A parceria entre o Sebrae a a ABF potencializa o atendimento dos empresários do setor de franchising em todo o Brasil”, disse Heloisa Meneses. Ela ressaltou que o  Sebrae dispõe de uma série de soluções para empresas de todos os portes, como o Sebraetec, voltado para a inovação, que pode ser utilizado por empresas do setor de franquias.

O Sebrae elaborou um guia completo sobre o sistema de franquia, que  explica os principais tipos desse negócio, dá orientações sobre como escolher a franquia certa, o que avaliar antes de adquirir o negócio, os aspectos legais e o passo a passo para a formatação de franquias. O guia está disponível no portal do Sebrae por meio das palavras-chave: “entenda o sistema de franchising.

No final do ano passado, o Sebrae firmou um convênio com a ABF para levar cursos sobre franchising para 120 cidades brasileiras até 2016. São 337 cursos Entendendo o Franchising, que aconteciam basicamente no Rio de Janeiro e em São Paulo, e que agora serão ministrados em 19 estados. São destinados a capacitar potenciais franqueados e franqueadores e quem já abriu uma franquia mas ainda busca informações.

Só em fevereiro e março, quase mil pessoas participaram dos cursos em 32 turmas formadas em todo o país, o que supera a meta inicialmente estabelecida. Até o final de 2016, pelo menos 24 mil empreendedores devem ser atendidos.

Heloísa Meneses citou também desenvolvimento de games voltados para a capacitação de empreendedores da área de franquias. Foram realizadas 14 mil capacitações por meio desses jogos. Outro ponto destacado pela diretora na parceria com a ABF foi a criação do fundo de aval (FAMPE franquias) voltado exclusivamente ao segmento de franquias. No caso do banco Bradesco, citado pela diretora, a linha de crédito para os franqueados é de R$ 80 mil.

Expectativa

O diretor de Treinamento e Eventos da ABF, Juarez Leão, destacou que a parceria com o Sebrae pode contribuir para que o setor tenha um resultado ainda melhor em 2015 - no ano passado, o faturamento  cresceu 7,7% em relação ao ano anterior.

Com o tema central Gestão do Capital Humano Maximiza Resultados, o 2º Congresso Internacional de Franchising reunirá até esta sexta-feira (24) no World Trade Center São Paulo especialistas nacionais e internacionais para debater questões atuais e vitais para as empresas, propiciar reflexões e inspirar descobertas para a condução dos negócios com foco no sistema de franquias.  

Mais informações:

Assessoria de Imprensa Sebrae

(61) 3243-7851

(61) 3243-7852

(61) 2104-2768

(61) 2104-2770

imprensa@sebrae.com.br

 



Sem-teto ocupam mais um prédio vazio na região central do Rio


Postado em 25/04/2015

Um dia depois de tentarem ocupar um prédio na zona portuária do Rio de Janeiro, os sem-teto se instalaram na manhã deste sábado (25) em outro imóvel, no número 169 da Rua do Rezende, na Lapa. De ontem para hoje, o grupo ficou acampado na Praça da Cruz Vermelha, próxima ao prédio ocupado, de dois andares e uma loja no térreo.

?Já veio aqui uma pessoa, em nome do dono, e deu prazo de 72 horas para a gente sair do prédio?, disse Bruno Leonardo, de 28 anos, um dos cerca de 50 ocupantes do prédio. Segundo ele, o grupo vai deixar o imóvel no prazo estipulado. ?Não estamos aqui para criar conflito com ninguém?, disse.

Famílias que ocuparam prédio no Flamengo, zona sul do Rio, agora estão em imóvel na Lapa, centro da cidade (Tomaz Silva/Agência Brasil)

Famílias que ocuparam prédio no Flamengo, zona sul do Rio, agora estão em imóvel na Lapa, centro da cidade Tomaz Silva/Agência Brasil

A Polícia Militar, avisada da nova ocupação, enviou policiais para o local, onde deve permanecer até a próxima terça-feira (28). O grupo é parte do mesmo que ocupou o antigo edifício-sede do Clube de Regatas Flamengo, e que tinha sido arrendado ao empresário Eike Batista.

A desocupação do prédio do Flamengo ocorreu no dia 14 deste mês, como resultado de ação de reintegração de posse efetuada pela Polícia Militar, em cumprimento a dois mandados judiciais. Ao deixarem o imóvel, os desabrigados montaram acampamento na Cinelândia, de onde foram retirados após mais de uma semana. Depois da frustrada tentativa de ocupação do prédio do antigo Instituto de Aposentadoria e Pensões dos Empregados em Transportes e Cargas (Iapetec), na zona portuária, os sem-teto escolheram a Praça da Cruz Vermelha para acampar.

Editor Fernando Fraga


Festa em Maricá, no Rio, reúne índios de aldeias de três estados do país


Postado em 25/04/2015

Comemorado oficialmente no último dia 19, o Dia do Índio está sendo homenageado, neste fim de semana, em Maricá, na região metropolitana do Rio de Janeiro, com uma festa que reúne cerca de 300 indígenas de aldeias do Rio, de São Paulo e Santa Catarina. A primeira Festa da Aldeia, com apoio da prefeitura local, foi aberta na manhã de hoje (25), na aldeia Tekoa Ka'aguy Hovy Porã (mata verde bonita, na língua tupi-guarani), situada numa restinga, na localidade de São José do Imbassaí.

Originários do Sul do Brasil, os índios tupi-guarani M'Bya ocupam área de 93 hectares na restinga desde abril de 2013, com apoio da prefeitura de Maricá. No terreno deverá ser implantado um complexo turístico, do qual fará parte a aldeia indígena, com ocas-hotéis, espaço para a venda de artesanato e comidas e um teatro de arena para apresentações de dança e música.

Os índios que vieram para a confraternização deste fim de semana são das aldeias de Ubatuba, Corcovado e Sete Barras, em São Paulo; do estado de Santa Catarina; de Angra dos Reis, na região da Costa Verde fluminense; e de outra aldeia existente em Maricá, a dos Araowy, no loteamento Morada das Águias, na Praia de Itaipuaçu. Eles se reuniram durante toda a tarde, em um encontro fechado ao público.

Neste domingo (26), a visitação será aberta ao público das 9h às 17h. A programação inclui apresentações de canto coral e de Xondar (dança do guerreiro), venda de comidas típicas, artesanato e aroca (bebida feita com água e mel).

A Festa na Aldeia é organizada pela prefeitura, e a pajé da aldeia dos M'Bya, Lídia Nunes, de 66 anos ? também conhecida pelo nome indígena de Pará ? diz estar satisfeita com a festa. ?É tudo parente, tudo guarani. A gente fica contente, se conhece, é tudo cultura da gente?, comemora.

Editor Stênio Ribeiro


ONU pede que Indonésia desista da execução de dez acusados de tráfico de drogas


Postado em 25/04/2015

O secretário-geral da ONU, Ban Ki-moon, apelou hoje (25) ao governo indonésio para não executar dez pessoas, entre as quais o brasileiro Rodrigo Gularte, condenadas à morte por tráfico de drogas, reiterando a tradicional oposição à pena capital.

Os dez condenados são um indonésio e nove estrangeiros oriundos da Austrália, do Brasil, das Filipinas, da Nigéria e da França. Nove destes condenados foram informados da sua execução iminente. O francês Serge Atlaoui foi excluído da lista das próximas execuções.

Ban Ki-moon ?apelou ao governo indonésio para não executar, como anunciou, os dez prisioneiros que se encontram no corredor da morte pelos crimes alegadamente ligados à droga?, diz um comunicado da ONU.

?Segundo a legislação internacional, em casos onde a pena de morte está em vigor, esta apenas deve ser aplicada em crimes graves, como mortes com premeditação?, diz a ONU. Acrescenta ainda que ?as infrações ligadas à droga não estão normalmente incluídas nesta categoria de crimes muito graves?.

Gularte foi preso em julho de 2004 após entrar na Indonésia com seis quilos de cocaína dentro de pranchas de surf, tendo sido condenado à morte em 2005.

 

Editor Stênio Ribeiro